Plantas que gatos podem comer: conheça as boas e as tóxicas

Plantas que gatos podem comer: conheça as boas e as tóxicas

Você já parou para pensar se aquela plantinha que você ganhou é nociva ao seu gatinho? Saiba tudo sobre as plantas tóxicas e não tóxicas para gatos.


Você sabe quais são as plantas que gatos podem comer?

Gato cheirando planta

Gatos são animais extremamente curiosos. Os gateiros de plantão sabem que qualquer objeto novo pela casa cedo ou tarde será alvo exploratório por parte dos felinos.

A situação se complica quando o assunto é plantas. Gatos não só ficam bastante curiosos com a presença das plantas por perto como, dependendo da espécie, possuem o instinto de ingeri-las. Você possui muitas plantas em casa? Sabe se elas são nocivas aos felinos? Esse é um conhecimento essencial se você é dono de gatos!

Neste artigo, você verá quais plantas podem ser ingeridas por gatos, sem causar nenhum problema para o animal. É fundamental que os tutores de gato estejam atentos às espécies de plantas que levam para suas casas, pois algumas delas podem ser tóxicas para esses animais, representando risco para a saúde deles.

Leia o artigo para descobrir quais espécies são seguras de se ter em casa com um felino.

Conheça as plantas que gatos podem comer

Embora sejam carnívoros, os gatos têm o hábito de comer plantas. Isso pode ser devido tanto à necessidade de desintoxicar o organismo ou simplesmente para se divertir. Confira abaixo as plantas que podem ser ingeridas por eles!

Erva Gateira ou Catnip

Erva gateira

A Erva Gateira ou também conhecida como Erva-do-gatos é uma planta da família Lamiaceae, originária da Europa e da Ásia Central. Essa planta produz uma substância originalmente destinada à proteção contra pragas chamadas de nepetalactona.

Quando felinos cheiram ou mastigam plantas com essa substância, elas produzem nesses animais uma sensação de bem-estar e prazer. Não se sabe ao certo, mas tudo indica que a nepetalactona afeta a produção de feromônios.

Grama de Trigo

Grama de Trigo

Para os humanos, a Grama de Trigo pode ser considerada um superalimento. Além de contribuir para a proteção da imunidade, é rica em antioxidantes e minerais. Sendo assim, para os gatos essa plantinha também é bastante importante, auxiliando principalmente no trato digestivo.

Os felinos sofrem eventualmente com a necessidade de expelir bolas de pelos, o que pode causar danos gástricos ao longo do tempo. A Grama de Trigo contribui para que os pelos sejam absorvidos nas fezes e sejam expelidos juntamente com elas.

Palmeira Areca

Vaso com Palmeira Areca

A Palmeira Areca é uma das plantas mais populares no Brasil. São poucos os cuidados que elas requerem, além de ficarem muito graciosas em ambientes dentro e fora.

As palmeiras, além de serem lindas plantas, são consideradas totalmente pet friendly, isto é, não são capazes de causar nenhum mal aos gatos e nem aos cães. No entanto, até o momento não foi comprovado nenhum benefício aos felinos quando ingerem essa planta.

Apesar disso, os gatos se atraem por elas devido à disposição com as folhas caídas para as laterais. Elas acabam servindo de brinquedo para eles.

Alecrim

Alecrim em um vaso em ambiente externo

O Alecrim é muito usado na culinária principalmente para aromatizar pratos. É justamente por isso que os felinos tendem a evitar comer alecrim. Mesmo ela não representando nenhum risco aos felinos, seu cheiro é bastante incômodo para os gatos.

E por isso pode ser considerada uma ótima opção se o seu gato está comendo regularmente as plantinhas domésticas. A dica é plantar Alecrim próximo às demais plantas ou ainda borrifar essência de Alecrim nas folhas.

Tomilho

Maço grande de Tomilho

Assim como o Alecrim, o Tomilho é inofensivo aos felinos. Mas diferente daquele, o cheiro desta plantinha não é rechaçada pelos gatos. É até bom que eles deem algumas mordiscadas nas folhas, pois elas contribuem para uma boa digestão e também auxiliam no sistema imunológico e no sistema urinário.

Essa característica é particularmente interessante, pois um em cada quatro gatos apresentam em algum momento da vida problemas nas vias urinárias.

Hortelã

Vários pés de hortelã

Já a Hortelã, é uma planta que não é tóxica e ainda pode fazer muito bem aos gatos, principalmente para aqueles que apresentam problemas respiratórios. Se esse é o caso do seu gato, você pode usar a hortelã para fazer infusões. O mentol presente nas folhas dessa planta é um descongestionante natural o que pode ajudar no processo de expelir o muco.

A ingestão das folhas de Hortelã pode também ser recomendada se o seu felino gostar, pois também possui propriedade calmante para o estômago facilitando a absorção da ração.

Aloe Vera

Aloe Vera grande na natureza

Diferente de como algumas pessoas pensam, Aloe Vera não é tóxica para gatos. Muitas pessoas temem ser tóxico o líquido viscoso que sai quando a planta é partida. Esse líquido é rico em saponina, uma substância considerada anti bactericida e antisséptica.

Alguns medicamentos veterinários, inclusive, possuem em seu componente a própria saponina. Por isso, fique tranquilo se seu gatinho curioso estiver mastigando um pedaço de Aloe Vera por aí.

Camomila é uma planta comestível para gatos

Camomila

A Camomila é muito conhecida por suas propriedades calmantes. Quem tem gato de personalidade agitada em casa, certamente já se perguntou se a camomila pode ser um tranquilizante seguro para esses animais.

As propriedades das plantas não funcionam igualmente para humanos e animais. Mas estudos têm mostrado que a Camomila tem propriedades que podem ajudar na saúde dos animais. Ela é boa para cuidado com os olhos, a pele animal, verminose e dores musculares.

Sua utilização pode ser tanto tópica, aplicando sobre a pele, como também através de infusões ou da ingestão natural.

Flores inofensivas e comestíveis para gatos

Há muito temor por parte dos tutores de gatos em relação às plantas que dão flores. Eventualmente, os gatos podem se sentir atraídos pela cor ou cheiro das flores e acabar ingerindo-as. Veja abaixo quais flores são inofensivas para os gatos!

Rosas

Rosas dentro de uma cesta na grama

Rosas são sempre belíssimas. Manter intacta essa beleza toda se há gatos em caso é um desafio. Mas fique tranquilo, pois por mais curiosos que sejam, os gatos não são animais burros.

Podem até se aproximarem, cheirarem, mas logo vão identificar os pequenos espinhos presentes no caule das flores. Certamente que o felino se afastará assim que os identificar. Ainda sim, se ele acabar ingerindo as flores não se preocupe, pois não trazem nenhum malefício.

Orquídeas

Quatro vasos brancos com orquídeas

Digamos que pode ser considerado uma lenda urbana dizer que as Orquídeas são tóxicas para gatos. É uma afirmação que ouvimos falar em toda parte, porém não há estudos que comprovem a toxicidade das orquídeas aos felinos.

Ainda assim, também não há qualquer benefício comprovado com relação à ingestão de Orquídeas pelos felinos. Portanto, a melhor opção ainda é educar o seu bichano a não mastigar a orquídea, sendo também mais interessante para preservar toda a beleza dessa flor.

Valeriana

Flor Valeriana

A Valeriana é uma espécie cujo cheiro forte ao invés de afastar, atrai os gatos. Embora ela não seja considerada uma planta tóxica, sua ingestão em excesso pode levar o animal a um quadro de mal-estar e indisposição.

Se sua ingestão for regulada, é uma planta que pode fazer bem, pois gera no gato a mesma sensação de euforia e prazer. Cada gato vai reagir de uma maneira diferente. Alguns tendem a ficar mais relaxados, enquanto outros ficam eufóricos. Se notar alguma reação anormal, leve-o ao veterinário imediatamente.

Gatos podem comer Girassóis

Girassóis

Se você tem lindos Girassóis em casa e teme que eles sejam tóxicos ao seu gatinho, fique tranquilo. Nem as pétalas, nem o caule são perigosos para os gatos. Melhor ainda, as sementes de Girassóis podem ser inseridas em pequenas quantidades na rotina alimentar de seu gato.

Há propriedades nas sementes que auxiliam no trato digestivo. Além disso, são bastante ricas em vitaminas B e E, nutrientes fundamentais para o sistema imunológico dos felinos. Pode ser que ele apresente resistência inicial ao gosto, mas com o fornecimento regular é provável que ele se acostume.

Dente de Leão

Dente de leão com fundo preto

A Taraxacum officinale, comumente chamada de Dente de Leão, é muito conhecida por suas propriedades medicinais.

Da mesma forma que ela contribui para a melhora do sistema digestivo, nervoso e urinário nos humanos, por conter zinco e esteróis em grande quantidade, já há estudos que apontam esses mesmos benefícios no caso de serem ingeridas por animais.

Por isso, a Dente de Leão além de ser uma linda planta ornamental, pode ter sua ingestão estimulada aos animais domésticos, sem nenhuma preocupação!

Plantas tóxicas para gatos

Se já sabemos os nomes das plantas não-tóxicas para os gatos, é igualmente relevante saber quais aquelas que podem causar algum mal aos nossos bichinhos. Veja abaixo algumas delas!

Antúrio

Antúrio vermelho

As plantas Antúrio são consideradas favoritas pelos paisagistas e interessados em jardinagem. Principalmente, porque não é uma planta que exige cuidados exagerados. Contudo, é um vegetal significativamente tóxico para animais, pois em seu caule encontra-se uma substância chamada oxalato de cálcio.

Os principais sintomas decorrentes da ingestão do Antúrio são vômitos, diarréia, salivação e asfixia. Caso seu animal tenha ingerido uma dessas, mantenha-o em observação, pois a gravidade dos sintomas vai depender da quantidade de planta ingerida.

Lírio

Lírio laranja

O Lírio é um dos queridinhos quando a ocasião pede a escolha de um buquê. Mas fique atento se a felizarda ou felizardo é um gateiro. Os Lírios são bastante tóxicos aos felinos. Mesmo a ingestão de uma quantidade relativamente pequena dessa planta ou da sua flor pode levar o animal ao estágio de convulsão rapidamente.

Tanto a flor, como o caule e o pólen são nocivos ao organismo dos animais domésticos, ocasionando casos graves de insuficiência renal. Por isso fique atento se um buquê de Lírios aparecer em sua casa!

Tulipa

Jardim de Tulipas rosas

As Tulipas também são tóxicas aos pets domésticos, mas são especialmente danosas aos gatos. Por mais que ela não seja tão perigosa quanto o lírio, é possível que uma ingestão pequena dessa planta leve seu gato a sentir-se mal.

Nessa espécie, especialmente, o problema é o bulbo que contém uma substância que irrita o sistema digestivo do gato. É difícil resistir a beleza das Tulipas, mas evite colocá-la em local de fácil acesso ao seu gatinho.

Espada-de-São-Jorge

Três vasos com Espada-de-São-Jorge

É difícil encontrar uma casa no Brasil que não tenha um exemplar da Espada-de-São-Jorge, principalmente porque há crença que ela expulsa a energia negativa do ambiente. Apesar da sua popularidade, poucas pessoas sabem que os animais podem sofrer com sua presença. Essa é uma planta que gera uma salivação excessiva no animal.

Além disso, sua mastigação pode gerar algumas feridas na região interna da boca do felino, deixando-o sem apetite por alguns dias. Embora não seja tão tóxica quanto o lírio, por exemplo, é bom que a Espada-de-São-Jorge não esteja ao alcance dos pets em geral.

Gatos e plantas: uma combinação possível!

Gato cheirando uma flor pequena

Vimos nesse artigo que existem várias plantas muito comuns nos lares brasileiros que podem representar risco à vida dos gatos. Enquanto outras plantas podem na verdade fazer bem para a saúde do animal.

Como gatos são muito curiosos, é importante evitar de ter plantas nocivas a eles na sua casa. Não conseguimos ficar de olho nesses bichinhos 24 horas por dia, então essa é a melhor solução para evitar acidentes.

Ser amante de gatos e plantas é totalmente possível, desde que você saiba exatamente como harmonizar essa combinação de seres vivos! Não há nada mais gostoso do que um lar cheio de vida com plantas e animais circulando. Portanto, opte por plantas que vão melhorar a saúde do seu pet, assim terá uma casa bonita e um gato saudável!

Autor deste artigo

Doutoranda em Antropologia e a louca dos gatos

Artigos relacionados


Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Você conhece o pássaro preto? Neste artigo será possível conferir quais são as principais características da espécie, as subespécies, além de outras informações


Como fazer brinquedos para gatos: veja 32 ideias caseiras!

Como fazer brinquedos para gatos: veja 32 ideias caseiras!

Você sabia que criar brinquedos para o seu gatinho pode ser muito mais fácil do que imagina? Confira aqui 32 ideias super fáceis para você fazer!


Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Seu pet está passando pelo cio? Se a reposta for sim, não perca tempo e venha conferir todas as dicas para passar por esse período de oscilações.


Cachorro marrom: conheça 21 raças grandes, médias e pequenas!

Cachorro marrom: conheça 21 raças grandes, médias e pequenas!

Quer ter um cachorro marrom? Conheça a seguir várias raças com essa coloração dividida em porte grande, médio e pequeno, assim como suas características!


 Lagartixa come escorpião? E aranha? Veja e se surpreenda!

Lagartixa come escorpião? E aranha? Veja e se surpreenda!

Está tendo problemas com aracnídeos? Confira neste artigo quais insetos ou animais são predadores deles e aprenda muitas dicas para se livrar desses venenosos!


Últimos posts


Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Você conhece o pássaro preto? Neste artigo será possível conferir quais são as principais características da espécie, as subespécies, além de outras informações


Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Você sabia que a grama para gatos afeta o comportamento do seu felino e traz benefícios? Aprenda sobre a planta, formas de cultivo e muito mais neste artigo!


Como fazer brinquedos para gatos: veja 32 ideias caseiras!

Como fazer brinquedos para gatos: veja 32 ideias caseiras!

Você sabia que criar brinquedos para o seu gatinho pode ser muito mais fácil do que imagina? Confira aqui 32 ideias super fáceis para você fazer!


Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Seu pet está passando pelo cio? Se a reposta for sim, não perca tempo e venha conferir todas as dicas para passar por esse período de oscilações.


Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Já pensou em como pode ser interessante dar petisco natural para cachorro? Aqui você descobre os benefícios dessas guloseimas e algumas receitas para preparar.