Cervo-do-Pantanal: informações, riscos de extinção e mais!

Cervo-do-Pantanal: informações, riscos de extinção e mais!

Você já conhece o cervo brasileiro? Confira aqui todas as características do Cervo-do-Pantanal, descubra sua importância na natureza e como ele corre riscos!


Você conhece o animal Cervo-do-Pantanal?

Cervo-do-Pantanal

O Brasil é um país rico em diversidade ambiental, abrigando inúmeros animais que surgiram aqui, em território nacional. Um deles é o Cervo-do-Pantanal, o maior cervídeo da América do Sul, sendo uma das três únicas espécies de cervos que vivem no Brasil. Sua pelagem alaranjada e seus chifres ramificados tornam esse animal ainda mais bonito e chamativo.

No entanto, apesar de toda a sua beleza e elegância, o Cervo-do-Pantanal, infelizmente, é um animal que já esteve à beira da extinção e ainda corre risco. Isso se deve à grande procura dos caçadores pelo animal, além da devastação do seu habitat natural. Quer conhecer mais o Cervo-do-Pantanal, suas características e curiosidades? Então, continue lendo este artigo e descubra mais sobre esse lindo cervídeo.

Ficha técnica do Cervo do Pantanal

Cervo-do-Pantanal

Conheça a seguir algumas características do cervo brasileiro, como origem, características visuais, habitat natural, alimentação e seus hábitos. Além de descobrir, também, sua expectativa de vida e sua reprodução. Vamos lá?

Origem e nome científico

Pertencente à Família Cervidae, o Cervo-do-Pantanal tem como nome científico Blastocerus dichotomus. Como o próprio nome sugere, esse cervo é originário do Brasil, mas não especificamente do Pantanal.

Na verdade, o Cervo-do-Pantanal teve sua origem desde o sul da Floresta Amazônica, até o sul do Rio Grande do Sul, cobrindo vários estados no caminho. Atualmente, ele se concentra mais em uma região específica, o que será mostrado mais à frente.

Características visuais

O Cervo-do-Pantanal é um animal grande e imponente. A espécie apresenta dimorfismo sexual, sendo a fêmea menor que o macho. Eles costumam medir entre 1,5 e 2 m de comprimento, mas a fêmea só chega a pesar 100 kg, enquanto o macho pode atingir 150 kg.

A coloração desse cervo chama bastante atenção: ela varia do bruno-avermelhada até um tom castanho-rufo, mas suas pernas e focinho são pretos. O Cervo-do-Pantanal também conta com orelhas arredondadas e rabo curto. Ademais, os machos possuem galhadas ramificadas, as quais são trocadas periodicamente.

Habitat natural e distribuição geográfica

Devido à caça e à perda do seu habitat natural, essa espécie de cervo foi extinta em 60% do seu território original, se concentrando, atualmente, principalmente no Pantanal. Isso se deve às características que o local propicia que agradam à espécie.

O Pantanal brasileiro conta com campos, brejos, savanas alagadas e áreas de várzea inundadas, ambientes ideais para os cervos! Esse território abrange os seguintes estados: Rondônia, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. O Cervo-do-Pantanal também pode ser encontrado em alguns outros países, como Argentina, Bolívia, Peru e Paraguai.

Alimentação

O cervo brasileiro é um animal herbívoro. Sua dieta inclui a camalote-da-meia-noite, um tipo de macrófita aquática, e outras plantas aquáticas, sendo elas a base de sua alimentação.

No entanto, o Cervo-do-Pantanal também se alimenta de gramíneas que servem como fonte de carboidrato e de plantas leguminosas, as quais são fontes de proteína. Vale lembrar que esse cervo, assim como as vacas, é um animal ruminante, logo, possui várias divisões no estômago responsáveis pela digestão dos alimentos.

Hábitos do Veado-do-Pantanal

O Cervo-do-Pantanal, também conhecido como Veado-do-Pantanal, não possui muitos hábitos documentados devido ao seu comportamento. Essa espécie possui hábitos noturnos e não é um animal dócil, dificultando a aproximação e estudo.

No entanto, sabe-se que esses cervos formam pequenos grupos para sair em busca de alimento. Apesar disso, os machos são solitários, e costumam brigar por territórios. Além disso, os cervos gostam muito de entrar na água, por isso podem ser avistados facilmente próximos a rios e lagos.

Expectativa de vida e reprodução

Um cervo vive, em média, 20 anos. No entanto, no caso do Cervo-do-Pantanal, não se sabe ao certo sua real expectativa de vida devido à dificuldade de estudar o animal já citada anteriormente.

Em relação à gestação, especialistas estipulam que o filhote nasça entre outubro e novembro ou entre maio e setembro. O que se sabe, com certeza, é que a gestação dura cerca de 270 dias (9 meses), nascendo apenas 1 filhote por vez. Essa reprodução lenta, infelizmente, acaba contribuindo para a extinção da espécie.

Outras informações sobre o Cervo-do-Pantanal

Cervo-do-Pantanal

Agora você já sabe as principais características do Cervo-do-Pantanal! Descubra a seguir mais algumas informações e conheça a importância desse cervídeo para o meio ambiente e quais ameaças ele está encarando.

Características do filhote de Cervo-do-Pantanal

Em grande parte das comunidades de cervídeos espalhadas pelo mundo, os filhotes nascem com bolinhas brancas espalhadas pelo corpo e vão se modificando com o tempo, até chegarem na cor dos adultos da espécie a qual pertencem.

Entretanto, no caso dos filhotes de Cervo-do-Pantanal, essas machinhas brancas não surgem. Os pequenos nascem como verdadeiras miniaturas dos seus pais, com a mesma cor da pelagem, inclusive. Além disso, eles também são grandes, e com apenas 2 meses podem atingir até 1,2 m de comprimento.

Predadores e importância ecológica

O Cervo-do-Pantanal não possui muitos predadores naturais, mas os existentes são as onças-pintadas e as pardas. No entanto, esses cervos são poucos predados por elas, de modo que a predação não apresenta grande ameaça.

No mais, pode não parecer, mas essa espécie de cervo é essencial para o equilíbrio do meio ambiente. Isso se deve, principalmente, pela sua alimentação. Por consumir plantas aquáticas e de outros tipos, os cervos funcionam como controladores dessa vegetação.

Principais ameaças à extinção da espécie

A caça é uma das ações que contribuem diretamente para a extinção da espécie, no entanto, há alguns outros problemas que são ainda maiores. Um deles é a alteração do habitat natural da espécie, que vem sendo modificado e destruído pelo próprio homem.

Outro problema enfrentado pelos cervos é a convivência com outros animais, como os bois e vacas. Esses animais acabam levando doenças aos cervos, que não conseguem lidar por não possuírem resistência natural. Como consequência, ocorre um grande declínio populacional da espécie.

Status de conservação e mecanismos de defesa

Devido aos inúmeros problemas que acarretam um maior risco de extinção, várias atitudes estão sendo tomadas para conservar essa espécie tão importante. Uma delas é a criação e reprodução da espécie em cativeiro com o objetivo de aumentar e fortalecer o Cervo-do-Pantanal.

Dessa forma, os novos animais reproduzidos vão surgir com uma maior resistência e variabilidade genética, e serão reintegrados a natureza assim que possível. Cruzando com os espécimes selvagens, as futuras gerações surgirão mais fortes e resistentes. Esse é um bom método de defesa da permanência da existência da espécie, mas a longo prazo.

O Cervo-do-Pantanal é uma preciosidade da natureza brasileira!

Cervo-do-Pantanal

O Brasil comporta pouquíssimas espécies de cervos, uma delas o importante Cervo-do-Pantanal. Com sua pelagem avermelhada, esse animal de grande porte possui características peculiares, como seus enormes chifres e até seus diferentes filhotes, que o fazem ser ainda mais especial.

Além disso, esse cervídeo também possui um papel essencial no equilíbrio do meio ambiente, funcionando como controlador de vegetação. No entanto, o Cervo-do-Pantanal está em risco de extinção por diversos fatores, como caça e doenças vindas de outros animais, como você pôde ver durante esse artigo.

Agora que você conheceu melhor o Cervo-do-Pantanal, pôde perceber o quanto é importante preservá-lo e mantê-lo nas matas brasileiras! Além de enriquecer o nosso ambiente, ele ainda auxilia na manutenção, sendo um verdadeiro defensor da nossa natureza.

Autor deste artigo

Olá!!
Meu nome é Thulany Dhara, sou jornalista e amante de animais. No momento tenho uma gatinha, chamada Kesha(sim, amo nomes artísticos), um buldogue francês chamado Eros e uma linda dobermann chamada Nala. Eles são os amores da minha vida e quando não estou com eles, estou montando quebra cabeça sobre animais também haha.

Artigos relacionados


Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Você conhece o pássaro preto? Neste artigo será possível conferir quais são as principais características da espécie, as subespécies, além de outras informações


Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Seu pet está passando pelo cio? Se a reposta for sim, não perca tempo e venha conferir todas as dicas para passar por esse período de oscilações.


Origem do cavalo: veja a história dos ancestrais à evolução

Origem do cavalo: veja a história dos ancestrais à evolução

Você já se perguntou de onde surgiu o cavalo? Conheça a origem e os ancestrais do cavalo, um dos animais mais majestosos e antigos do reino animal!


 Topolino: veja características, preço e como criar o roedor

Topolino: veja características, preço e como criar o roedor

Você já ouviu falar do rato Topolino? Este artigo mostrará tudo a respeito dele, de modo que você poderá criá-lo em casa, se quiser! Confira!


Cores do Lulu da Pomerânia: conheça cores raras e populares

Cores do Lulu da Pomerânia: conheça cores raras e populares

Diferentemente de outras raças, este pequeno e fofo cachorro possui 23 cores possíveis! Descubra aqui as inúmeras possibilidades de pelagem desta raça!


Últimos posts


Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Você conhece o pássaro preto? Neste artigo será possível conferir quais são as principais características da espécie, as subespécies, além de outras informações


Como fazer brinquedos para gatos: veja 32 ideias caseiras!

Como fazer brinquedos para gatos: veja 32 ideias caseiras!

Você sabia que criar brinquedos para o seu gatinho pode ser muito mais fácil do que imagina? Confira aqui 32 ideias super fáceis para você fazer!


Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Você sabia que a grama para gatos afeta o comportamento do seu felino e traz benefícios? Aprenda sobre a planta, formas de cultivo e muito mais neste artigo!


Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Seu pet está passando pelo cio? Se a reposta for sim, não perca tempo e venha conferir todas as dicas para passar por esse período de oscilações.


Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Já pensou em como pode ser interessante dar petisco natural para cachorro? Aqui você descobre os benefícios dessas guloseimas e algumas receitas para preparar.