Espécies de borboletas: veja as pequenas, grandes e exóticas

Espécies de borboletas: veja as pequenas, grandes e exóticas

Pequenas ou grandes, cada borboleta tem características únicas. Clique aqui e saiba mais sobre as principais espécies de borboletas do mundo.


Conheça 20 espécies de borboletas

As borboletas são insetos que apresentam, em sua grande maioria, um curto ciclo de vida. Por estarem presentes nos mais diferentes lugares do mundo, é possível encontrar milhares de espécies diferentes de borboletas.

Neste artigo você vai conhecer mais detalhes sobre 20 espécies de borboletas que apresentam singularidades entre si, as quais podem variar desde o tamanho, cores, ciclo de vida até o tamanho da envergadura de cada borboleta.

Continue a leitura e confira, mais informações sobre as espécies brasileiras de borboletas, os tipos de borboletas de tamanhos grande e pequeno e as principais borboletas exóticas do mundo.

Espécies de borboletas brasileiras

O Brasil é um dos países com maior número de espécies de borboletas, e isso se deve as nossas riquezas naturais e a grande faixa territorial. Conheça a seguir, as principais espécies de borboletas brasileiras.

Morfo azul

Considerada uma das maiores borboletas do mundo, a espécie Morfo Azul, pode medir até 20 centímetros de envergadura. Essa borboleta é pertencente da família Nymphalidae e o destaque da sua beleza fica pelas cores intensas das suas asas azuis.

Essa espécie é facilmente encontrada na região Amazônica e na Mata Atlântica. A Morfo Azul alimenta-se, basicamente, de frutas que estão caídas na mata. Quanto aos hábitos da espécie, a Morfo Azul tem atividade diurna. Outra característica marcante é o fato dessa espécie ser considerada com grande expectativa de vida que pode chegar aos 11 meses de idade.

Arawacus

Com nome científico de Ascia Monuste, a Arawacus faz parte da família Pieridae. O habitat dessa espécie, em sua grande maioria, são as áreas nativas da Ásia e da África Tropical.

Quanto a expectativa de vida da Arawacus, estima-se que os machos vivam 5 dias e as fêmeas de 8 a 10 dias. Em relação ao tamanho, elas apresentam um tamanho médio, com cerca de 3 centímetros de envergadura.

No que se refere ao visual dessa borboleta, quando adulta alguns exemplares apresentam manchas pretas, e os machos e fêmeas se diferem pelos seus padrões e números de marcas negras. A borboleta Arawacus fêmea, possui um padrão em zigue-zague preto mais pesado e uma pequena mancha preta na célula da asa. As pontas das antenas têm coloração azul bebê.

Assenta-pau

A borboleta Assenta-pau, que tem o nome científico de Hamadryas Amphinom, também é conhecida como estaladeira.

Essa espécie é comum de ser encontrada em troncos de árvores ou em arbustos a cerca de 2 metros de altura, quanto à posição em que ela é encontrada, muitas vezes, a Assenta-pau está com a cabeça para baixo, com as suas asas achatadas contra a casca do tronco. O comportamento dessa espécie é muito inteligente, pois escolhem superfícies que auxiliam na camuflagem contra predadores.

Danaus

A Danus é uma borboleta da família dos ninfalídeos e da subfamília dos danaíneos. Ela tem, aproximadamente, cerca de 8 a 12 centímetros de envergadura de asa, e a principal característica que chama a atenção são as suas asas laranjas com listas pretas e algumas marcas brancas.

A cor dessa borboleta tem um forte sentido biológico: serve para alertar as presas de que o seu sabor não é agradável. Com isso, os predadores que iriam alimentar da Danaus acabam desistindo dela.

Anteos menippe

Conhecida como ponto-de-laranja, a Anteos menippe é uma borboleta que apresenta a cor verde em maior predominância no seu corpo, e alguns pontos em laranja. A borboleta do tipo Anteos Menippe é muito comum de ser encontrada em locais de alta temperatura e com muita incidência de luz solar o longo do dia.

Uma característica marcante dessa borboleta é o fato dela ter um voo constante e que faz com que a direção e o tipo de voo não sejam variáveis. Quanto ao tamanho da Anteos Menippe, ela possui cerca de 7 centímetros de envergadura e a cor costuma ser verde ou amarelo claro.

Borboleta-da-couve

Chamada de Pieris Brassicae, a borboleta-da-couve, atinge uma envergadura de 60 milímetros. Essa espécie de borboleta tem as asas principais na cor branca, já as asas dianteiras são na cor cinza escuro.

Uma característica que difere o macho e a fêmea é o fato de as fêmeas terem manchas pretas em seus antebraços. Os machos não apresentam nenhuma cor nas asas, além do branco. O habitat da borboleta-da-couve costuma ser variável, apesar de ser facilmente encontrada em plantas destinadas à alimentação e em plantas robustas que sejam doadoras de néctar.

Tipos de borboletas grandes

Por incrível que pareça, nem todas as borboletas são pequenas e algumas espécies podem ter um tamanho maior do que a palma da mão. A seguir, você ficará por dentro dos principais tipos de borboletas grandes que existem no mundo.

Rainha-alexandra-birdwings

Considerada a maior borboleta do mundo, a Rainha-alexandra-birdwings, teve o seu nome em homenagem à esposa do rei Eduardo VII.

Com o nome científico de Ornithoptera alexandrae, essa borboleta é encontrada apenas nas florestas de Papua-Nova Guiné. Além do enorme tamanho, que pode alcançar a marca de 31 centímetros de envergadura, essa espécie de borboleta tem uma característica peculiar quanto aos gêneros.

O macho costuma ser menor do que a fêmea com cerca de 19 centímetros, porém com asas coloridas em tons de verde e azul. Já as fêmeas têm todo o corpo em tons de marrom.

Borboleta imperador

Considerada a segunda maior espécie do Reino Unido, a borboleta imperador pode medir até 85 milímetros de envergadura. O brilho azul das asas do macho é produzido pela luz que é refratada nos sulcos das escamas das asas.

Com o nome científico de Apatura Iris, a borboleta imperador é a borboleta britânica mais procurada e admirada pelos observadores, criadores, fotógrafos e apaixonados pelo universo das borboletas. Tanto o macho quanto a fêmea da borboleta imperador se alimentam das secreções dos pulgões que revestem a superfície superior das folhas de carvalho.

Borboleta-pavão

Conhecida como o inseto mais bonito do mundo, a borboleta pavão conta com a segunda maior população de borboletas do planeta. As características dessa borboleta também são diferenciadas, tendo em vista que elas possuem duas antenas e seis pequenas patas.

O colorido das suas asas, além de ser lindo, serve para espantar predadores. Isso acontece devido à toxicidade de algumas cores. A borboleta-pavão tem papel de grande importância na ecologia, junto com as abelhas são as maiores responsáveis pela reprodução das flores.

Borboleta coruja

A borboleta coruja é uma espécie que vive somente na América do Sul, e está entre os maiores exemplares de borboletas da região. Considerada a maior borboleta do Brasil, a borboleta coruja apresenta 17 centímetros de envergadura.

Com um hábito peculiar, a borboleta coruja permanece repousando em troncos durante o dia e voa de manhã ou nas últimas horas do dia, sempre antes de chegar o anoitecer.

Por ser muito semelhante a uma coruja, a borboleta coruja consegue livrar-se facilmente dos predadores. No momento em que ela sente que está ameaçada, abre as suas asas que imitam enormes olhos e empina o seu corpo.

Tipos de borboletas pequenas

Apesar de termos enormes borboletas, como visto anteriormente. É possível encontrar borboletas que são muito pequenas e impressionam pela sua pouca envergadura. Confira agora quais os principais tipos de borboletas pequenas.

Pigmeu ocidental azul

Considerada uma das menores borboletas do mundo, a Pigmeu ocidental azul com o nome científico de Brephidium Exilis, essa borboleta uma envergadura que vai de 5 a 7 milímetros. Facilmente encontrada na América do Norte, América Central e na América do Sul, a Pigmeu ocidental azul tem como habitat favorito os desertos e os pântanos.

As asas da Pigmeu ocidental azul na parte superior são na cor castanha e vão se tornando azuis quando estão mais próximas do corpo. No lado inferior as asas são metade cinza e metade castanho com traços cinzas. Já as asas posteriores apresentam pontos negros com quatro ocelos na margem das asas.

Almirante-vermelho-europeu

Pertencente à família Nymphalidae, a borboleta Almirante vermelho europeu é encontrada em regiões mais quentes da Ásia, América do Norte e da Europa.

Com cerca de 6,5 centímetros de envergadura, as borboletas dessa espécie são consideradas excelentes voadoras. Isso porque, elas chegam a percorrer 2.000 quilômetros a procura de um ambiente mais quente quando o frio chega na região em que elas estão. Para escapar dos predadores, a Almirante-vermelho-europeu utiliza técnicas de camuflagem.

Canela-estriada

Com o nome científico de Lampides boeticus, a Canela Estriada é uma borboleta que mede apenas 42 milímetros de envergadura.

Essa é uma espécie facilmente encontrada na Escócia e na Inglaterra em jardins ou nas planícies. No que se refere a sua aparência, essa espécie de borboleta apresenta deliciadas asas com tons de azul e bordas acinzentadas.

Cupido minimus

Outra espécie de borboleta com pequeno tamanho é a Cupido minimus, presente na Irlanda, na Inglaterra e na Escócia. A Cupido minimus mede de 20 a 30 milímetros.

No que se refere as suas características, essa espécie tem as asas cinza escuro ou prateada, e conta com algumas áreas azuladas próximas ao corpo. Quando dobradas, as asas dessa borboleta ficam brancas ou em um tom de cinza muito claro, com pequenas manchas circulares em tons mais escuros.

Espécies de borboletas exóticas

A borboleta é um inseto singular e que pode ser encontrado de diferentes cores, tamanhos, desenhos. A seguir, você conhecerá as principais espécies de borboletas exóticas que podem ser encontradas em diferentes lugares do mundo.

Borboleta oitenta e oito

Chamada cientificamente de Diaetria Clymena, a borboleta oitenta e oito, é proveniente da região da fauna tropical (América do Sul), e apresenta em torno de 4 centímetros de envergadura.

O grande destaque dessa borboleta, refere-se as cores sendo que a parte debaixo dela é listrada em vermelho e preto e branco com uma pequena faixa azul na ponta da asa. Já a parte inferior da borboleta oitenta e oito é dividida em duas partes: a parte externa é preta com duas listras brancas, e a parte interna é vermelha brilhante.

Sapho Longwing

Sapho Longwings

Da ordem Lepidoptera, a borboleta Sapho Longwing pode ser encontrada entre o Equador e o México. Possui a cor branca que atravessa a parte posterior de suas asas e no restante de seu corpo preduminam os tons azul e preto.

Pode ser conhecida popularmente como Passion Vine que em português significa “flor-da-paixão”. E o nome Longwing significa “asas longas”. Essa é uma espécie que está na lista das borboletas raras de serem avistadas e possui uma beleza única.

Sylphina angel

Considerada uma das 10 borboletas mais lindas do mundo, a Sylphina angel destaca-se por ser uma espécie de beleza rara com asas transparentes. Esta bonita espécie pode ser encontrada facilmente em países como o Peru, Equador e a Bolívia.

Além de ter uma beleza peculiar, a Sylphina Angel é uma das espécies mais resistentes de borboletas, tendo em vista que costumam voar até 320 quilômetros para buscar alimento, principalmente na primavera e as flores estão ricas em pólen.

Apollo

Adaptada para sobreviver nas mais baixas temperaturas das montanhas, a borboleta Apollo é muito comum de ser encontrada na Europa, na Ásia e na América do Norte.

O corpo dessa borboleta é coberto por uma espécie de “casaco de pele” com finos pelinhos.
Já as suas asas são bem grandes em relação ao corpo, essa desproporção tem o intuito de absorver uma maior quantidade de luz solar. As asas da Apollo ao contrário das demais borboletas não apresentam cauda, característica presente nos insetos que fazem parte da família Papilionidae.

Greta oro

Pertencente à família Nymphalidae, a borboleta Greta Oto tem a palavra transparente como o significado do seu nome. Além disso, essa borboleta também é conhecida como espelho.

Com um comportamento diurno, a borboleta Greta oro apresenta uma envergadura com cerca de 6 centímetros. As asas da Greta Oro não são totalmente transparentes, elas apresentam uma coloração escura, branca, laranja e vermelha ao redor das suas asas.

Borboleta esmeralda

Com uma envergadura que pode atingir 140 milímetros, a borboleta esmeralda é facilmente encontrada em países como a Índia, Camboja, Java, Butão, Mianmar, Tailândia, China, Taiwan, Malásia, Sumatra, Sulawesi, Laos, Vietnã e Java.

As cores presentes nas asas dessa borboleta além de serem muito atraentes são metálicas, principalmente quando vistas de diferentes ângulos. A asa dessa borboleta contém fileiras de superfícies muito pequenas, as quais refletem a luz de diversas maneiras.

Borboletas e suas singularidades

Como foi possível ler no artigo de hoje, as borboletas são insetos únicos e com características que fazem com que as espécies sejam diferentes entre si. Vimos também que é possível ter desde borboletas muito pequenas até borboletas com envergadura maior do que o palmo da mão de um adulto.

Além dessas características, algumas espécies são extremamente inteligentes no combate aos predadores, outras voam milhares de quilômetros para encontrar um habitat mais agradável para viver e algumas até deixam de se alimentar quando estão na fase adulta.

Autor deste artigo

Artigos relacionados


Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Você sabia que a grama para gatos afeta o comportamento do seu felino e traz benefícios? Aprenda sobre a planta, formas de cultivo e muito mais neste artigo!


Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Já pensou em como pode ser interessante dar petisco natural para cachorro? Aqui você descobre os benefícios dessas guloseimas e algumas receitas para preparar.


Cachorro marrom: conheça 21 raças grandes, médias e pequenas!

Cachorro marrom: conheça 21 raças grandes, médias e pequenas!

Quer ter um cachorro marrom? Conheça a seguir várias raças com essa coloração dividida em porte grande, médio e pequeno, assim como suas características!


Como cuidar de periquito: guia completo do filhote ao adulto

Como cuidar de periquito: guia completo do filhote ao adulto

Neste artigo, você verá que os periquitos são aves de fácil adestramento de ótima convivência e que sua presença traz leveza ao ambiente doméstico.


Cachorro idoso: veja os sinais da idade e os cuidados

Cachorro idoso: veja os sinais da idade e os cuidados

Quem não quer seu cachorro idoso feliz e saudável até o fim de seus dias, não é mesmo? Vamos aprender os sinais de idade e os cuidados com amigo fiel!


Últimos posts


Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Você conhece o pássaro preto? Neste artigo será possível conferir quais são as principais características da espécie, as subespécies, além de outras informações


Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Você sabia que a grama para gatos afeta o comportamento do seu felino e traz benefícios? Aprenda sobre a planta, formas de cultivo e muito mais neste artigo!


Como fazer brinquedos para gatos: veja 32 ideias caseiras!

Como fazer brinquedos para gatos: veja 32 ideias caseiras!

Você sabia que criar brinquedos para o seu gatinho pode ser muito mais fácil do que imagina? Confira aqui 32 ideias super fáceis para você fazer!


Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Seu pet está passando pelo cio? Se a reposta for sim, não perca tempo e venha conferir todas as dicas para passar por esse período de oscilações.


Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Já pensou em como pode ser interessante dar petisco natural para cachorro? Aqui você descobre os benefícios dessas guloseimas e algumas receitas para preparar.