Veja o que fazer para o cachorro parar de marcar território

Veja o que fazer para o cachorro parar de marcar território

O seu cão anda marcando muito território dentro de casa? Não se preocupe, neste artigo explicaremos o porquê isso acontece e como eliminar esse comportamento.


Seu cachorro precisa parar de marcar território?

Cachorro fazendo xixi em árvore

Neste artigo, vamos observar mais a fundo as razões que levam os cãezinhos a marcar território, algo que pode ser estressante para muitos tutores. Vamos entender os princípios evolutivos por trás desse comportamento, o que significa (seu cãozinho não faz por maldade) e maneiras de aliviar essa atitude.

O ato de demarcar território é muitas vezes tido como um ato de desafio do cachorrinho, mas é importante saber as razões disso acontecer. No decorrer deste artigo, daremos dicas que podem ajudar a diminuir ou eliminar esse comportamento e ajudar a criar laços mais fortes com seu companheirinho de quatro patas.

Por que o cachorro fica marcando território

Cachorro fazendo xixi

Os cachorros seguem as orientações básicas que o seu instinto lhe fornece. O ato de demarcar território é tanto uma maneira de delimitar o terreno da "casa" quanto uma maneira de demonstrar para as fêmeas que o cão é um bom partido. Descubra mais detalhes sobre o motivo do seu amigo marcar território.

Não castrado

É comum imaginarmos que os machos demarcam mais território do que as fêmeas, o que é verdade pois elas o fazem em menor frequência. Nesse contexto, os cães não castrados são os que mais tendem a marcar o local.

Uma vez que animais não castrados possuem um fluxo de hormônios mais intenso e são mais ativos, eles sentem o instinto de forma mais pungente, o que os impulsiona a demarcar mais, principalmente em objetos, na presença de novos pets ou pessoa na casa.

Algum objeto desconhecido na casa

O ato de urinar e marcar algo é uma tentativa de se familiarizar com o objeto. De certa forma é uma maneira de aliviar a tensão e ansiedade. Quando há objetos novos no ambiente do cachorro ele pode se sentir desconfiado ou inseguro, e demarcar território é uma maneira de se sentir mais calmo.

Objetos como um guarda-roupa, uma bolsa ou um sofá, quando estão novos, podem exalar um cheiro forte. Por isso, acabam funcionando como imã para o desejo de demarcação do cachorro. Multiplique isso por dois se ele for não castrado.

Novos pets ou pessoas na casa

Os animais têm seus mecanismos mentais próprios, e algo que deixa um pet bem incomodado é a chegada de outro animalzinho na casa. Quem já teve um pet e trouxe outro, pôde perceber como o primeiro ficou arisco e arredio com relação ao novato.

Portanto, o desejo de demarcar o que é seu, temendo que os mais novos ganhem espaço, acaba se tornando muito forte. Os cuidadores, nessas situações, ficam um pouco perdidos pois não sabem muito bem como reagir e podem ser duros com o cachorro, que se sente inseguro.

Contato com outros animais na rua

Animais de um modo geral, tem uma relação sensível com cheiros e os cães são extremamente responsivos a odores. Eles podem captar uma série de informações com o focinho, daí o motivo de eles cheirarem tudo, inclusive o traseiro de cães e pessoas.

Logo, ao passear com o seu cão, ele é invadido por informações e consegue captar quem já passou por ali e quem é o "dono" daquele lugar. Portanto, fazer xixi em um local é uma maneira do cachorro de desafiar o dono atual ou marcar um local sem dono.

Cadela no cio por perto

Conforme dito anteriormente, os cães são muito sensíveis a cheiros. O odor de uma cadela no cio deixa os cães atiçados para reproduzir. Uma maneira de demonstrar ser um bom partido é ter um território vasto, ser um cão de muitas posses.

Agora fica claro porquê quando vemos uma cadela no cio, os demais cães se tornam briguentos, barulhentos e territoriais. Uma das formas de demonstrar posse sobre um local é demarcando-o com a urina.

Estado de saúde do cão

Cuidar de animais de estimação é estar atento às atividades metabólicas do seu parceiro canino. Logo, o volume de xixi que seu cachorro faz é algo para ser observado. Há sempre a hipótese de que o cãozinho possa ter consumido muita água em um dia quente ou após se exercitar. Fora esses casos, cogite que algo pode estar errado com a saúde dele

Problemas com a próstata, bexiga hiperativa e infecção urinária são alguns dos exemplos de doenças que podem afetar o volume e a frequência de xixi do seu cão. Qualquer alteração percebida na urina, busque um veterinário.

Dicas de adestramento para o cachorro parar de marcar território

Cachorros sentados com uma mão sendo apontada para eles

Neste tópico, vamos observar algumas dicas de como o próprio cuidador pode criar maneiras de educar e treinar o cãozinho. Uma vez que se entenda o porquê cães demarcam território, fica viável criar meios de ordenar e consertar esse comportamento.

Chame a atenção do cão na hora do xixi

O processo de adestramento de cães é contínuo. O ato de treinar está baseado em reforço comportamental, o qual afirma que as consequências são o que instauram um comportamento. Assim sendo, acompanhar o cão de perto é a melhor maneira de orientá-lo em novas atitudes.

Fazer xixi não é o mesmo que demarcar território. Antes de passear com o cão, leve-o ao banheiro para desvincular o passeio da urina. No momento que ele tentar demarcar, durante o passeio, puxe a coleira com firmeza, mas sem muita força, e use um tom de voz firme. Cães não entendem palavras, mas entendem a tonalidade.

Leve-o para o lugar correto

Primeiro de tudo você precisará de uma rotina para ensinar seu cãozinho. Escolha um bom lugar para ser seu banheiro e note qual o horário que seu cão faz suas necessidades. Registre o momento do dia que seu companheiro vai urinar e, momentos antes, leve ele até o cantinho escolhido por você.

Quando ele fizer as necessidades no local delimitado por você, dê a ele uma recompensa. Pode ser um carinho ou um petisco. Repita o processo até ele acertar, continue e mantenha a consistência, até que ele tenha aprendido e seja capaz de realizar sem a tutoria do cuidador.

Dê uma recompensa caso acerte o local das necessidades

Os comportamentos, assim como os animais, sofrem seleção natural, o elemento que seleciona um comportamento, e que o fará se repetir no futuro, é a consequência. Se um cão, ao fazer uma atividade, receber um prêmio, as chances desse comportamento se repetir no futuro serão maiores.

Portanto, no processo de levar cão ao local escolhido para ele fazer suas necessidades deve ser acompanhado de um prêmio após cada acerto. Algumas repetições bem-sucedidas farão esse comportamento se consolidar. Por isso a necessidade de haver consistência do cuidador e ter uma recompensa pronta.

Controle o acesso a portas e janelas

Uma das razões para que seu cão esteja demarcando demais dentro de casa é o contato com outros cães da rua. Ao observar, sentir o cheiro pela porta ou janela de outros cães, o desejo de demarcar se torna mais forte, uma vez que há a vontade de disputar espaço para se mostrarem aptos para as fêmeas.

Portanto, criar maneiras de limitar o acesso dos cachorros a janelas e portas é uma boa maneira de reduzir o impulso pelas demarcações. Como consequência, é possível que seu cãozinho fique mais calmo.

Faça mais passeios e brincadeiras

Uma vez que se tenha excluído a possibilidade de alguma doença, e caso você tenha tentado algumas destas dicas e seu cãozinho continua demarcando território, há a possibilidade de problemas emocionais, como ansiedade e depressão.

Seu companheiro de quatro patas pode estar triste, inquieto e solitário e talvez no xixi ele encontre uma maneira de chamar a atenção do dono para si. Portanto, passe mais tempo com seu cãozinho, faça mais passeios e brinque com ele. Mesmo você estando fisicamente presente, ele pode estar precisando de atenção.

Outras dicas para fazer o cachorro parar de marcar território

Cachorro fazendo xixi na grama

Agora vamos nos atentar aos elementos em volta dos cães, coisas que podem estar influenciando de modo indireto no seu comportamento de demarcar território. Aqui vai outro conjunto de dicas e orientações sobre como você pode diminuir a demarcação do seu cãozinho.

Identificar o tipo de urina pode ajudar

Uma dica importante no manejo do xixi do seu cachorro, e também para averiguar o estado de saúde dele, é verificar o tipo e o estado da urina. Primeiro o odor, se for muito forte, pode indicar infecção na bexiga ou nos rins. Já pouco xixi pode indicar que o pet está tomando pouca água ou algum bloqueio no canal urinário.

A coloração também fornece pistas. Se estiver avermelhada pode indicar tumores, infecção urinária e hemorragia interna. A urina laranja indica problemas no fígado. Já a urina marrom indica reação a intoxicação. Em todos estes casos, faça visita ao veterinário.

Faça a limpeza completa do xixi

Os produtos químicos são aliados poderosos na hora educar seu cãozinho onde ele deve fazer suas necessidades. Há produtos que são feitos para limpar o xixi e removem por inteiro o cheiro da urina, fazendo parecer que o cão nunca demarcou aquele espaço como seu.

Existe também os chamados "educadores sanitários". Eles possuem um cheiro específico e atrativo, convidando o cachorro a fazer xixi no ponto onde foi borrifado. Portanto, seguindo as dicas do artigo, você terá mais êxito na educação do seu cão.

Torne a relação entre pets na casa mais harmoniosa

Os pets são tratados e cuidados como membros da família. E, como um filho, eles ficam inseguros com a chegada de outra "criança" no recinto. Ao ver os pais dando mais atenção ao novato, os cachorros podem se sentir abandonados. Portanto criar uma boa relação entre os pets da casa é benéfico para eles e para os donos.

Para estabelecer uma boa relação aqui estão algumas dicas: promova o contato visual entre ambos, não deixe de dar atenção ao mais velho e tente criar bons momentos através de brincadeiras e afagos. Dessa maneira, ambos estarão mais relaxados e menos propensos a demarcar território.

Evite barulhos intensos

Conforme já explicado, animais podem sentir ansiedade e até depressão. Um fator que pode levá-lo a esse quadro é um ambiente incerto, caótico e barulhento. Eis a razão, ou uma delas, para animais detestarem obras em casa.

Portanto, tente criar um ambiente mais harmonioso e silencioso, principalmente se você tem mais de um pet, pois caso haja barulho, eles podem se voltar um contra o outro. Realize tudo o que estiver ao seu alcance para fornecer um ambiente mais tranquilo e calmo para o pequeno companheiro.

O que não fazer para o cachorro parar de marcar território

Tapete higiênico com xixi no lugar errado

Para finalizar temos algumas dicas e orientações do que não fazer para que o cachorro pare de marcar território. Há algumas ações que devem ser evitadas, pois causam traumas ao cão e podem colocar sua saúde em risco.

Limitar a hidratação

É comum imaginar que se o cãozinho faz muito xixi, então limitar seu acesso a água pode resolver o problema. Porém essa abordagem tem efeitos colaterais. Primeiro com a própria hidratação do animal, que você notará a urina mais amarelada e de odor mais forte.

Além disso, é possível que isso afete os rins, o fígado e o sangue do cachorro. Assim sendo, essa maneira de reduzir o comportamento de demarcação pode colocar a vida dele em risco. Inclusive, em dias mais quentes, o cãozinho necessitará de mais água, portanto dar porções pré estabelecidas não é uma boa ideia.

Gritar ou repreender fortemente o cachorro

Ao falar sobre maneiras de como reduzir o ato de demarcação de território é comum surgirem dicas, como dar bronca no seu cãozinho. No entanto, apesar dos cães captarem o tom de voz do dono e sentirem o que o dono está sentindo, eles não entendem as palavras, logo não vão entender que fazer xixi naquele local é errado.

Na maioria das vezes eles vão ficar com medo e fazer xixi naquele local, porém farão escondidos. Por terem medo e se sentirem inseguros, eles podem aumentar a frequência de demarcação, sendo assim, contraproducente.

Esfregar o focinho do cachorro no local

É importante ressaltar que o uso de violência ou força acaba sendo contrário ao sentido de qualquer aprendizado. Em alguns cães isso pode surtir efeito, sendo aqueles que não se abalam a broncas, logo algumas pessoas recorrem a esfregar o focinho do cachorro no xixi.

Mesmo que isso gere os efeitos desejados, também pode gerar medo e trauma. A figura do dono passará a ser uma imagem abusiva para o cachorro, o qual passará a sentir temor. Ou pode acontecer do cachorro continuar fazendo xixi escondido. Portanto, essa opção não é viável.

Se conecte com o seu companheiro de quatro patas!

Cachorro deitado perto de um jornal no chão

Ao observar o comportamento dos cães e como seus donos respondem, fica claro que cada treinamento e orientação são, na verdade, maneiras de interligar o animal de estimação ao seu cuidador. Cães, ao demarcar território ou fazer xixi de modo errado, simplesmente não receberam as orientações adequadas. Cabe ao cuidador ter a noção de como educar seu cãozinho.

Nesse artigo você pôde obter orientações e dicas que conduzam os donos a entenderem e desenvolverem estratégias de como lidar com seu cãozinho fazendo xixi em local errado ou demarcando território. O ditado diz que cães são os melhores amigos dos homens e para que essa amizade floresça e continue, é necessária a orientação adequada.

Autor deste artigo

Artigos relacionados


Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Você sabia que a grama para gatos afeta o comportamento do seu felino e traz benefícios? Aprenda sobre a planta, formas de cultivo e muito mais neste artigo!


Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Seu pet está passando pelo cio? Se a reposta for sim, não perca tempo e venha conferir todas as dicas para passar por esse período de oscilações.


Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Já pensou em como pode ser interessante dar petisco natural para cachorro? Aqui você descobre os benefícios dessas guloseimas e algumas receitas para preparar.


Quantos anos vive um gato doméstico? Veja a média e compare!

Quantos anos vive um gato doméstico? Veja a média e compare!

Conheça a expectativa de vida de um gato e quais são os aspectos gerais que podem influenciar essa qualidade.


Como cuidar de periquito: guia completo do filhote ao adulto

Como cuidar de periquito: guia completo do filhote ao adulto

Neste artigo, você verá que os periquitos são aves de fácil adestramento de ótima convivência e que sua presença traz leveza ao ambiente doméstico.


Últimos posts


Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Pássaro preto (graúna): descrição, como criar e muito mais

Você conhece o pássaro preto? Neste artigo será possível conferir quais são as principais características da espécie, as subespécies, além de outras informações


Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Grama para gatos: o que é, tipos, benefícios e como plantar

Você sabia que a grama para gatos afeta o comportamento do seu felino e traz benefícios? Aprenda sobre a planta, formas de cultivo e muito mais neste artigo!


Como fazer brinquedos para gatos: veja 32 ideias caseiras!

Como fazer brinquedos para gatos: veja 32 ideias caseiras!

Você sabia que criar brinquedos para o seu gatinho pode ser muito mais fácil do que imagina? Confira aqui 32 ideias super fáceis para você fazer!


Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Cio de cachorro macho e fêmea: sintomas, como acalmar e mais!

Seu pet está passando pelo cio? Se a reposta for sim, não perca tempo e venha conferir todas as dicas para passar por esse período de oscilações.


Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Petisco natural para cachorro: receitas, benefícios e dicas

Já pensou em como pode ser interessante dar petisco natural para cachorro? Aqui você descobre os benefícios dessas guloseimas e algumas receitas para preparar.